Inovação em Aparelhos de Raios X Odontológicos

Notícias

06/07/2016 voltar

Ética Odontológica

Imagem rtirada de http://www.dentflex.com.br/pt-br/novidades/noticias/etica-odontologica/
Imagem rtirada de http://www.dentflex.com.br/pt-br/novidades/noticias/etica-odontologica/
Que com saúde não se brinca todo mundo sabe, mas quem trabalha com a saúde bucal deve levar a questão muito mais a sério. Afinal, o profissional de odontologia agrega à profissão também a importância estética, redobrando a preocupação com a ética profissional com que deve pautar a sua carreira. Além disso, a responsabilidade é ainda maior se pensarmos em quantos problemas de saúde podem estar relacionados à saúde da boca.

Rotina de limpeza é primordial para um tratamento eficaz
Não é à toa que a rotina deve ser rigorosa em questões de limpeza, higiene e registros. Ter cuidadosamente guardado o histórico de cada paciente, com suas devidas fichas atualizadas, é tão importante quanto estar sempre atualizado em relação às mais novas técnicas odontológicas – e não só da sua área, já que a visão global faz cada parte ser melhor compreendida.

Por outro lado, fazer do consultório um ambiente biosseguro não só é uma obrigação do profissional como é uma via de mão dupla: ao mesmo tempo em que garante a seus pacientes a higienização necessária para intervenções seguras e eficazes, sem comprometimento posterior da saúde, o profissional está protegendo-se juridicamente ao seguir os padrões determinados tanto pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) quanto pelo Código de Ética.

Tecnologia permite serviços de acordo com as normas éticas
Hoje a tecnologia atende a todas as exigências feitas pela Ética Odontológica em relação à manutenção e à autoclavagem dos equipamentos, cabendo aos profissionais de Odontologia o cuidado ao escolher os melhores e mais modernos equipamentos para o seu consultório. A escolha deve ser pautada pela eficácia, facilidade de uso e de manutenção e, claro, melhor custo x benefício. Mantê-los de acordo com as determinações é antes um exercício de competência e amor à profissão do que apenas o cumprimento de normas técnicas.

Manter-se fiel aos preceitos de honestidade, da caridade e da ciência inclui o acuro na escolha das marcas e das especificações de cada material, assim como sua higienização adequada. Um consultório bem montado e biosseguro garante a qualidade do trabalho desenvolvido e demonstra o respeito em relação ao paciente e à própria profissão.

Seriedade e competência são a melhor divulgação
Por outro lado, um trabalho desenvolvido com seriedade, competência, respeito aos costumes e higiene adequados transforma-se, por si só, no melhor meio de divulgação e incentivo à saúde bucal da população. Esta, por sua vez, tantas vezes vê-se acometida por males cuja origem parece de difícil diagnóstico para outras especialidades por encontrar-se justamente na área Odontológica. Mais do que uma obrigação, o respeito à Ética Odontológica deve ser um princípio humano de todo profissional da área.

A menos que em caráter unicamente educativo, seja em artigos ou entrevistas, não deve o profissional sob os olhos da Ética Odontológica ter participação em programas ou ações de cunho comercial coletivo ou fazer divulgação de caráter mercantil. Da mesma forma, caixas de som, ainda que portáteis, mala direta pela internet, compras coletivas, cartões de desconto, plaqueteiros, veículos automotores, stands promocionais, telemarketing ativo e sites promocionais não são mais permitidos pelo Código de Ética.

Postura deve corroborar o juramento ético
Qualquer profissional que almeje o respeito no mercado entre colegas de profissão e clientes deve ter nos preceitos da Ética Odontológica a sua pauta de trabalho, desde a escolha dos materiais e equipamentos até a higienização e segurança do consultório – assim como uma conduta que corrobore a postura ética de toda a classe.

Fonte: Informativo Consultório